Clube dos 27.

A lenda do Clube dos 27

Canecas Música Baterista Guitarrista

O clube dos 27 é uma história interessante da história musical, e com certeza ainda sem um final.

Tal clube refere-se à músicos, principalmente alguns lendários, que morreram em suas 27 primaveras, alguns com mortes inexplicáveis até hoje.

Os principais integrantes do grupo são:

 

Robert Johnson (08/05/1911 – 16/081938)

Considerado por muitos o avô do Rock and Roll, mesmo com o pouco tempo de vida, influenciou músicos como Jimi Hendrix,  Bob Dylan e Eric Clapton, que o chamava de "o mais importante cantor de blues que já viveu".

Um mito popular conta que Johnson vendeu sua alma ao diabo na encruzilhada das rodovias 61 e 49 em Clarksdale, Mississippi,  em troca da proeza para tocar guitarra. Este mito foi difundido principalmente por Son House, e ganhou força devido às letras de algumas de suas músicas, como "Crossroads Blues", que falava de uma encruzilhada e do seu encontro com o demônio.

Sua história foi pano de fundo para o filme "A Encruzilhada" (Crossroads), de 1986, com Ralph Macchio.

Há várias versões populares para sua morte: que morreu envenenado pelo whisky servido por um dono de bar, enciumado por Robert ter flertado com sua esposa, que morreu de sífilis e que havia sido assassinado com arma de fogo. Seu certificado de óbito cita apenas "No Doctor" (Sem Médico) como causa da morte.

 

Brian Jones (28/02/1942 – 03/07/1969)

Brian Jones foi um dos fundadores da lendária banda, Rolling Stones. Ele convidou Jagger e Richards, em 1962, para formar uma banda, que se chamaria The Rolling Stones, inspirado no trecho de uma canção de Muddy Waters que dizia: "… pedras rolantes não criam musgo…".

Apesar da fama e fortuna originada pelo sucesso da banda, Brian acabou por ceder ao uso desregrado de drogas, o que lhe valeu o desprendimento do grupo em 8 de Junho de 1969. Menos de um mês depois, no dia 3 de julho, Brian foi encontrado afogado na piscina de sua casa.

 

Jimi Hendrix (27/11/1942 – 18/09/1970)

Jimi Hendrix é até hoje considerado o maior guitarrista de todos os tempos por muitos e sua obra influencia músicos de todas as idades.

Hendrix permaneceu na Inglaterra, e, em 18 de Setembro, foi encontrado na cama do quarto de um hotel onde estava com uma namorada alemã, Monika Dannemann, desacordado após ter tomado nove pílulas de Vesperax (forte analgésico), tendo, em seguida, se asfixiado em seu próprio vômito. O laudo do hospital disse que Hendrix chegou ao hospital já morto. Seu corpo foi mandado de volta para casa e enterrado no Greenwood Memorial Park, em Renton, estado de Washington, nos Estados Unidos.

 

Janis Joplin (19/01/1943 – 04/10/1970)

Janis, cantora americana de blues, influenciada pelo rock e pelo soul com uma voz marcante, fez de seu nome uma lenda nos anais da música, tanto pelo talento como por suas loucuras.

Morreu de overdose de heroína em 4 de outubro de 1970, em Los Angeles, Califórnia. Foi cremada no cemitério-parque memorial de Westwood Village, em Westwood, Califórnia, e numa cerimônia, suas cinzas foram espalhadas pelo Oceano Pacífico.

 

Jim Morrison ( 08/12/1943 – 03/07/1971)

Vocalista da banda "The Doors", Jim virou uma lenda da música por suas letras e seu jeito de viver a vida como se vivesse em seu próprio mundo.

Morreu em Paris, na banheira. Muitos fãs e biógrafos especularam sobre a causa da morte, se teria sido por overdose, pois embora Jim não fosse conhecido por consumir heroína, Pam fazia-o (morreu de overdose em 1973) e é sabido que nesse Verão correu Paris à procura de heroína de uma pureza invulgar. Outra hipótese seria um assassinato planejado pelas próprias autoridades do governo americano. O relatório oficial diz que foi “ataque de coração” a causa da sua morte. Está sepultado no famoso cemitério do Père-Lachaise em Paris. Devido a atos de vandalismo de alguns fãs, por diversas vezes a associação de amigos do cemitério sugeriu que o corpo fosse transferido para outra necrópole.

 

Kurt Cobain ( 20/02/1967 – 05/04/1994)

Kurt, conhecido guitarrista e compositor da banda Nirvana, um dos protagonistas do cenário grunge, é tido como um dos maiores artistas da década de 90.

Suicidou-se com uma espingarda em sua boca, em sua própria casa. A autópsia encontrou traços de benzodiazepinas (tranquilizantes) e heroína no sangue de Kurt. O nível de heroína era tão algo que mesmo ele – famoso pela enorme quantidade que tomava – não poderia ter sobrevivido por muito mais tempo do que aquele que levou para disparar a arma.

De acordo com o livro Heavier Than Heaven, sua biografia, a irmã de Kurt afirma que, quando criança, ele dizia o quanto queria entrar para o clube dos 27.

26 comentários

  1. Esqueceram do cantor brasileiro Evaldo Braga que morreu aos 27 anos num acidente de carro em 31 de Janeiro de 1973

  2. e tem a música do edu krieger muito boa – aos 27 –

  3. mt triste perder a amy =[

  4. E algo realmente lamentávél que pessoas tão jovens e famosas não consigam dedicar suas existências para causas tão necessárias no nosso tempo como, por exemplo, a prática de hábitos saudáveis em defesa da vida.

  5. José Ribeiro da Silva Júnior

    Amy Winehouse, infelizmente, mais uma pessoa a fazer parte deste bizarro grupo conhecido como Clube dos 27… Lamentável…

  6. Mais um pra lista:
    Amy Winehouse, Pobrezinha, cantava tão bem quanto os outros!

  7. Eh hoje é a vez amy winehouse

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*